49

As Entidades Ciganas na Umbanda

São entidades que há muito tempo trabalham na Umbanda, mas normalmente se manifestam sob domínio de outras linhas como a linha da esquerda, a linha do oriente, entre outras. Isso é possível pelo fato da energia de trabalho ser a mesma, o que muda é a forma de manipular os fluídos, uma vez que os ciganos usam uma relação material, energética, elementar e natural, assim como o povo da esquerda, enquanto que o povo do Oriente manipula essas elementos através de seu magnetismo espiritual.

Sempre se faz necessário deixar claro que uma coisa é ‘Magia do Povo Cigano’, ou ‘Magia Cigana’, e outra coisa bem diferente são as Entidades de Umbanda que se manifestam nesta linha de trabalho. Existe uma pequena semelhança somente no poder da Magia, mas suas atuações são bem diferentes pois as Entidades de Umbanda trabalham sob domínio da Lei e dos Orixás, conhecem Magia como ninguém e, principalmente, não vendem soluções ou adivinhações.

Entre as legiões de Ciganos os nomes mais conhecidos são: Cigano Pablo, Wlademir, Ramirez, Juan, Pedrovick, Artemio, Hiago, Igor, Vitor e tantos outros. Da mesma forma temos as ciganas, como: Esmeralda, Carmem, Salomé, Carmencita, Rosita, Madalena, Yasmin, Maria Dolores, Zaira, Sunakana, Sulamita, Wlavira, Iiarin, Sarita e muitas outras também.

Os espíritos que se manifestam como Ciganos na Umbanda não trabalham a serviço do mal ou para resolver nossos problemas a qualquer custo, mas é importante saber que eles dominam a MAGIA e preservam a LIBERDADE e ,tanto quanto em  qualquer outra linha de trabalho da Umbanda, teremos aqueles espíritos que não agem dentro do contexto da Lei, os chamados ‘quiumbas’, que se encontram espalhados pela escuridão e a serviço das Trevas. Portanto, é imprescindível o bom nível espiritual do médium para trabalhar com essa linha para que não atraia esses tipos de espíritos pela Lei da Afinidade.

Os Ciganos usam muitas cores em seus trabalhos, mas cada Cigano tem sua cor de vibração no plano espiritual e uma outra cor de identificação. Uma das cores, a de vinculação vibracional, raramente se torna conhecida mas a de trabalho deve sempre ser conhecida para prática votiva das velas, roupas, etc.

É muito comum os Ciganos usarem em seus trabalhos moedas antigas, fitas de todas as cores, folha de sândalo, punhal, raiz de violeta, cristal, lenços coloridos, folha de tabaco, tacho de cobre, de alumínio, cestas de vime, pedras coloridas, areia de rio, vinho, perfumes, baralho, espelho, dados, moedas, medalhas e até as próprias saias das ciganas, que são sempre muito coloridas, como grandes instrumentos magísticos de trabalho.

Os Ciganos são dotados de uma sabedoria esplendorosa, trabalham com lindos encantamentos e magias e os fazem por força de seus próprios mistérios, escolhendo datas certas em dias especiais sob a regência das diversas fases da Lua.

Gostam muito de festas e todas elas devem acontecer com bastante música, dança, frutas, todas que não levem espinhos de qualquer espécie, com jarras de vinho tinto com um pouco de mel e ainda podemos fatiar pães do tipo broa, passando em um de seus lados molho de tomate com algumas pitadas de sal ou mel. Não podemos esquecer: flores silvestres, muitas rosas, velas de todas as cores e, se possível, incenso de lótus.

Adoram fogueiras onde dançam e cantam a noite toda, aproveitando do poder das salamandras para consumir todo o negativismo e acender a chama interna de cada Ser.

Os Ciganos têm em Santa Sara Kali as orientações necessárias para o bom andamento das missões espirituais.

Salve o Povo Cigano!

Símbolos Ciganos

TAÇA – simboliza união e receptividade. Qualquer líquido cabe nela e adquire sua forma. Tanto que, no casamento cigano, os noivos tomam vinho em uma única taça, que representa valor e comunhão eterna.

CHAVE – simboliza as soluções. É usada para atrair boas soluções de problemas. O símbolo da chave, quando em trabalho, costuma atrair sucesso e riquezas.

ÂNCORA – simboliza segurança. É usado para trazer segurança e equilíbrio no plano físico, financeiro e para se livrar de perdas materiais.

FERRADURA – simboliza energia e sorte. É usado para atrair energia positiva e boa sorte. A ferradura representa o esforço e o trabalho. Os ciganos têm a ferradura como poderoso talismã, que atrai a boa sorte, a fortuna e afasta a má sorte.

LUA – simboliza a magia e os mistérios. A lua é usada geralmente pelas ciganas para atrair percepção, o poder feminino, a cura e o exorcismo, atentando-se sempre para as fases: nova, crescente, cheia e minguante. A lua cheia é o maior elo de ligação com o sagrado, sendo chamada de madrinha. As grandes festas sempre acontecem nas noites de lua cheia.

MOEDA – simboliza proteção e prosperidade. É usada contra energias negativas e para atrair dinheiro. A moeda é associada ao equilíbrio e à justiça e relacionada às riquezas materiais e espirituais, que são representadas pela cara e coroa. Para os ciganos, cara é o ouro físico, e coroa, o espiritual.

PUNHAL – simboliza a força, o poder, vitória e superação. É muito usado nos rituais de magia, tem o poder de transmutar energias. Os ciganos também usavam o punhal para abrir matas, sendo então, um dos grandes símbolos de superação e pioneirismo, além da roda. O punhal também é usado nas cerimônias ciganas de noivado e casamento, onde é feito um corte nos pulsos dos noivos e em seguida os pulsos são amarrados em um lenço vermelho, representando a união de duas vidas em uma só.

TREVO – simboliza a boa sorte. É o símbolo mais tradicional de boa sorte, traz felicidade e fortuna. É raro encontrar um trevo de quatro folhas na natureza, mas quando se encontra pode-se esperar sempre prosperidade.

RODA – simboliza o ciclo da vida. A Samsara representa o ir e vir, o circular, o passar por diversos estados, o ciclo da vida, morte e renascimento. É usada para atrair a grande consciência, a evolução, o equilíbrio, é o grande símbolo cigano e é representado pela roda dos vurdón que gira. Samsara (sânscrito) – Literalmente significa “viajando”, o ciclo de existências, uma sucessão de renascimentos que um ser segue através de vários modos de existências até que alcance a liberação. Vurdón (romanês ou romani – dialeto cigano) significa “carroção”.

CORUJA – simboliza “o ver totalmente”. É usado para ampliar a percepção com a sabedoria possibilitando ver a totalidade: o consciente e o inconsciente.

Oração a Santa Sara

Santa Sara, minha protetora, cubra-me com seu manto celestial. Afaste as negatividades que porventura estejam querendo me atingir. Senhora, protetora dos Ciganos, sempre que estivermos nas estradas do mundo proteja-nos e ilumine nossas caminhadas.

Santa Sara, pela força das águas, pela força da Mãe-Natureza, esteja sempre ao nosso lado com seus mistérios. Nós, filhos dos ventos, das estrelas, da lua cheia e do Pai, só pedimos a sua proteção contra os inimigos.

Ilumine nossas vidas com seu poder celestial, para que tenhamos um presente e um futuro tão brilhantes, como são os brilhos dos cristais. Ajude os necessitados, dê luz para os que vivem na escuridão, saúde para os que estão enfermos, arrependimento para os culpados e paz para os intranquilos.

Santa Sara, que o seu raio de paz, de saúde e de amor possa entrar em cada lar neste momento. Dê esperança de dias melhores para essa humanidade tão sofrida.  Santa Sara milagrosa, protetora do Povo Cigano, abençoe a todos nós, que somos filhos do mesmo Deus.

Muito Axé a todos!

  1. Daniela Felix disse:

    Olá Mãe Mônica, adorei a matéria, como sempre, muito escalarecedora… grande beijo a vc e a todos que constroem e participam de alguma forma desse lindo site…
    Dany

  2. Camila Murano disse:

    Muito obrigada Mãe Mônica por sempre compartilhar os estudos conosco, adoro o seu blog e sempre aprendo muito por aqui. Você tem o dom de ensinar, parabéns!! Muita luz em seu caminhos!!!

  3. Luciana Reis disse:

    Bom dia Mãe Mônica!

    Que lindo! meu coração encheu de alegria e o sorriso brotou, quando abrir o blog e vi que o assunto eram os ciganos…

    Adoro a linha dos ciganos, além de trazer lembranças encantadoras quando vivia no meio deles na Bahia, quando “criança”.

    É divino ver a liberdade de ir e vir, vivem em movimento constante, o movimentar de acampamento, do dinheiro, para mudar fluidos, energia…
    Como a senhora diz em dia de gira: que devemos movimentar o dinheiro para que flua, renove… É a lei dos ciganos!…
    As cores, as músicas, o perfume, traz essa alegria que contagia, é mágico! é divino!
    Como diz no texto que devemos está livres de energias negativas para receber
    os Ciganos… Que Deus nos ajude de estar-mos aptos a receber a prosperidade Cigana: A alegria de viver, a prosperidade material, o amor, a saúde, o movimentar em todos os campos e sentidos de nossa vida!

    Obrigado por esses ensinamentos, os significados dos símbolos, maravilhoso!.
    Obrigado pelo tratamento e cura que adquiri em vossa casa! Que o povo cigano ilumine vossa casa e vossos caminhos!

    Salve a Umbanda!
    Salve o povo Cigano!
    Axé a todos!

  4. RODRIGO disse:

    Bom dia Mãe Monica!!

    Muito bom poder ler , se esclarecer e acima de tudo levar para o coração estes ensinamentos que nos faz ficar cada vez mais encantado com a UMBANDA.
    Obrigado e que Oxalá abençõe a todos deste site …
    Bjsss e muito axé!!!

  5. Além Do Horizonte disse:

    Tenho grande admiração pela forma como a linha cigana atua. Deve ser algo no seu mistério que me atrai. Sempre que tive necessidade de esclarecimentos ou orientações de cunho mais profundo e espiritualizado, “…foi cigano quem me deu…”
    Presto aqui a minha homenagem a essa linda linha de trabalho da Umbanda e a você Mãe Mônica, por nos lembrar deles, que têm andado esquecidos pelos terreiros afora.
    Muito axé que a paz de Zambi seja convosco.

  6. Anderson Lucchi disse:

    Axé mãe Mônica,

    sou suspeito em falar sobre esta linha tão magnífica; ela contêm uma vibração única, algo que vai além do normal e acende no íntimo uma vontade imensa de seguir em frente.
    Pelas vivências que tenho tido com a linha cigana e em especial com o cigano que me acompanha, aprendi muito sobre o respeito, ao próximo, ao limite e tempo de cada um para evoluir, mas em especial aprendi a respeitar ainda mais a natureza, a qual nos trasmite constantemente vibrações harmoniozas e que equilibram nosso ser. Aprendi a ver em cada flor, em cada particula do universo uma sementinha do Divino Criador, aprendi que quanto mais atentos ficarmos para as coisas em nossa volta, mais veremos como Deus nos ama e como fala conosco através das mais pequenas coisas!
    Ser livre não é simplismente fazer as coisas que quer, sem o menor raciocínio e/ou sem o respeito ao próximo, ser livre é ter consciência da própria existência e saber tomar atitudes evoluidoras, ser livre é andar pelas ruas e perceber as coisas existentes em sua volta, é ver além dos prédios, carros e dos barrulhos da civilização é poder ver que em um simples pedaço de terra entre a estrada nasce uma vida, uma planta, é ver que existe um mundo cheio de cores e vida em baixo de nossos olhos, mas que aqueles que não são livre, livres deste mundo moderno não conseguem enchergar.

    Salve Santa Sara Kali!
    Salve o Povo Cigano.

  7. Helena disse:

    Não há como não se encantar com essa linha de trabalho da Umbanda. Os ciganos despertam em todos nós a esperança através da cura, do amor ou da prosperidade material e devem ser respeitado como entidades que trabalham a serviço da Lei e não do egoísmo dos encarnados.Vamos saudar esse povo com muita alegria!

    Abraços Fraternais

  8. Luana disse:

    Adorei a matéria. É sempre muito bom aprender cada vez mais com vocês. E essa matéria de ciganos me encanta muito. Obrigada

  9. Ana Rita Gonçalves de Melo disse:

    Bom dia, adorei a materia e a oraçao de Santa Sara, senti muita energia boa lendo seu texto, e mto bom aprender sempre. bjs

  10. ELYENE disse:

    SIM TRABALHO COM ELES E ADORO A ENERGIA UTILIZADA POR ELES, COM ELES MUITO APRENDI SOBRE EQUILIBRIO, ENERGIAS, PROTEÇÃO E MUITAS OUTRAS COISAS! TENHO TIDO OS CIGANOS COMO GRANDES ALIADOS NAS QUESTÕES DA MINHA VIDA! AGRADEÇO ALÉM DA CIGANA QUE ME ACOMPANHA DÁLIA, O CIGANO PETER MENTOR DA EQUIPE QUE TRABALHO!

  11. Alessandra disse:

    Ótima matéria, Parabéns, mãe Mônica!
    Muito a Axé a você e a todos, que contribuiem para a divulgação e esclarecimento da nossa Umbanda

    Alessandra

  12. Zelia Maria disse:

    É lindo ver e participar de um trabalho cigano na Umbanda.A magia desse povo transmite conhecimento e segurança.Quando nos aproximamos das tradições ciganas vemos como eles são cheios de riquezas de conhecimentos não só da magia,mas de exemplos de união,respeito e amor ao próximo.Quem pede um conselho ao povo cigano recebe um enorme tesouro de sabedoria e bem viver.Obrigado por nos lembrar das linhas ciganas que também enriquece nossa Umbanda!!!!

  13. Alfredo disse:

    O que mais me encanta é a alegria deste povo…..Muita música, dança , festa colorida, além é claro da energia que eles trazem…. Achei muito interessante quando o texto se refere a preservação da LIBERDADE, contexto muito amplo, que requer muita responsabilidade de todos nós; mais um fator para nos encantarmos ainda mais com essa linha….

  14. SALVE I POVO CIGANO,OBRIGADO POR LA INFORMACION MAE

  15. andrea vieira disse:

    Sou muito suspeita em falar desta linha, não entendia porque desde criança tinha atração por preto e vermelho, rosas vermelhas, unhas, batom…claro que já nascemos com sinais de afinidades, e quanto mais velha, maior a atração por tudo que esta ligado a esta linha… Hoje na Umbanda, claro que entendo todos os sinais, e só me reverencio diante deles, sou casada na linha dos Ciganos, abençoada por eles…deixo aqui todo meu respeito e minha gratidão, e desejo que todos possam um dia receber a energia unica do Povo Cigano!!!
    Axé
    Andrea Vieira

  16. Fátima Dantas disse:

    Mãe Mônica,
    assunto que me empolga – visto que sou apaixonada pela cultura do povo Cigano. E acredito que tenho vínculos espirituais com este povo , pois em vários momentos da minha vida – estão sempre presentes, quando criança, adulta e hoje partindo para terceira idade .

    Salve a linha dos Ciganos!
    Meu abraço fraterno.

  17. Jacqueline - Campinas/SP disse:

    Mãe Mônica,

    Parabéns pela matéria, é de uma riqueza e simplicidade que encanta, como tudo que envolve a nossa querida Umbanda e a Linha Cigana.

    Salve o Povo Cigano, Salve Santa Sara Kali !!!

    um grande abraço, Axé!

    Jac.

  18. Ricardo Mercia (Tenda 7 espadas de Ogum) disse:

    Sensacional saber sobre mais sobre esse Povo tão lindo que é o Povo cigano, é bom tirar e esclarecer certas dúvidas sobre O POVO CIGANO que mesmo falando e exlicando suas origens ainda tem pessoas que confundem muito essa nação tão linda.
    Um povo constituido de magias e sabedorias , devemos muita sabedoria a esse povo que faz da estrada a sua morada e ensina muito sobre a Vida.

    Abraços e OPREH ROMÁ !!

  19. Flávio disse:

    Belíssimas considerações, realmente podemos aprender muito com os ciganos.

  20. Povo Cigano, tenho uma alegria imensa em pensar em todo o trabalho realizado por eles, agradeco, agradeco e agradeco sempre, toda essa manifestacao de conhecimento e acao em minha vida.
    Linha grandiosa, cheia de alegria e seus misterios, e lindo ao velos em terra, em seus trabalhos, ajudando e ensinando a quem necessita.
    Que cada um possa absorver tudo o que nos e passado por eles, e acrescentando nosso conhecimento e potencializando com toda materia do blog, e muita energia e Axe

    Salve Todo Povo Cigano
    Axe

  21. cigana sarah disse:

    Optcha!!!!!!!! Salve todo o povo cigano!!!!!!!!Boa Tarde Mãe Monica!!!
    Muito esclarecedora a sua matéria, onde faz a distinção entre a “magia cigana” e a incorporação de entidades ciganas na Umbanda.
    Tenho sofrido muito para me fazer entender entre meus companheiros. Pois tenho de um lado esta “magia cigana” que não incorpora e tenho uma pomba gira cigana, ambas são sempre confundidas pelos companheiros do centro que frequento. Desejo que façam mais matérias esclarecedoras com esta linha cigana, pois como eu, existem muitas pessoas ávidas por esclarecimentos, Obrigada…… Ione

  22. TERESA disse:

    Axé Mãe Mônica,
    Como é bom lermos textos que nos ensinam tanto sobre as linhas de trabalho da Umbanda. E o melhor é quando esses textos são elaborados com amor, respeito e veracidade, como esse que define bem a Linha dos Ciganos na Umbanda, diferenciando da magia Cigana, a qual vem acompanhada de muito preconceito e ignorância por parte das pessoas leigas.
    Como a senhora disse os ciganos em geral são mestres em Magia mas, o que diferencia a Linha dos Ciganos é que esta trabalha dentro da Lei.
    Que Santa Sara proteja a todos e nos defenda cada vez mais da ignorância e do preconceito. Somente uma Linha tão poderosa como esta para poder trabalhar tanto na esquerda como na direita.
    Salve o Povo Cigano!
    Salve Santa Sara Kali!
    Salve a Umbanda!
    Axé a todos.

  23. Ana Maria disse:

    Tenho um carinho muito especial pela Linha Cigana na Umbanda.

    Minha primeira incorporação foi com uma entidade cigana que se mostrou doce, leve, altiva e feliz. Lembro ainda de, lá dentro do meu eu passar uma interrogação: será que é mesmo uma cigana? E imediatamente começar a dançar e espalhar com as mãos um delicioso perfume de rosas !!!

    O que mais me encanta nessa linha de trabalho é a alegria com que se manifestam. Falam de amor, poesia, união, sucesso… sempre no positivo das palavras e dos pensamentos. Prá mim essa força positiva é que os torna dotados de esplendorosa sabedoria.

    Adorei conhecer um pouco mais sobre os elementos usados por eles e o porquê de cada um, e, principalmente, o uso das fogueiras.

    Salve o Povo Cigano !!!

    Axé.

  24. João Paulo disse:

    Nossa!!! Sem palavras esta linha…

    Para mim esta linha é especial demais, tem um significado único, pois sou casado na Umbanda com a benção dos ciganos. Tenho certeza que sou abençoado pelos ciganos e acima de tudo, falo com orgulho e respeito que minha família é regida por esta linha tão séria.

    Ao ler esse texto tive grandes lembranças, lindas recordações e ver um caminhar tão abençoado por esta linha.
    Agradeço pelo texto
    Salve!!!

  25. Julieta Maria disse:

    Toda gira de Cigano que participei, senti a força da energia dessa linha. Na gira do ano ano passado , o Cigano energizou uma maça e disse a minha filha que a coloca-se na fruteira. A maça ficou, desde dezembro do ano passado até início de março deste ano, na fruteira como se tivesse acabado de ser colhida. Salve o Povo Cigano.
    Axé

  26. Edméa Costa disse:

    Parabéns Mãe Mônica!
    Como sempre suas pesquisas são muito esclarecedoras. Sinto um facínio por essa linha que não sei explicar. Quando vejo um acampamento cigano então, preciso controlar-me para não pedir para visitar. Talvez em alguma reencarnação já fui cigano(a),não sei,mas que existe uma grande ligação, existe. Já consegui muitas graças com Santa Sara! É um povo maravilhoso, tanto no espaço como na terra.
    Axé Mãe!

  27. Lucia M.O.Acosta disse:

    Que maravilha este texto! Que beleza ver a aquantidade de pessoas maravilhadas com esta energia, todas buscando sue entendimento. Realmente trabalhar com esta energia é algo indescritível, ela nos traduz muita paz, muita energia e principalmente, muita simplicidade. O Anderson Lucchi soube expor exatamente como é o Povo Cigano, a sua sensibilidade e sua humildade é sinonimo de energia cigana, é aprender através do coração e da razão com este povo maravilhoso. Agradeço ao Pai Maior a oportunidade de um dia, no passado, ter conhecido e me conectado com eles e agora poder conviver com toda esta energia. Vamos aprender com eles, o ensinamento pe muito profundo e bastante simples, basta com isto que abramos nosso coração.
    Que as amorosas energias deste povo lhes tragam muita alegria e paz.
    Muito obrigada, grande senhora por mais este ensinamento singelo e tão lindo.
    Que Santa Sara Kali ilumine a todos!

  28. Luiz Francisco Pereira disse:

    Mãe Mônica, obrigado por nos passar seus conhecimentos e estudos!!
    Tudo é muito útil.
    O saber é algo que ninguém nos tira!!
    INSPIRADOR!!!

    Luiz

  29. MARIA SILVIA SOUZA disse:

    O povo cigano é misterioso, mas muito alegre. Falam de amor, poesia, sendo tudo com muita magia.
    Salve o Povo Cigano!
    Salve Santa Sara Kali!
    Muito Axé!

  30. Valdemir Lima disse:

    Com todo misticismo , magia , mistério e principalmente ALEGRIA , é impossível não ser contaminado por toda esta energia e vibração que traz o Povo Cigano ; seja numa Gira , numa festa Cigana , num Desenvolvimento , ou mesmo ouvindo um simples cd com suas canções .
    Trago comigo lembranças de infância dos primeiros contatos e conselhos de uma entidade Cigana, ao qual devo muito respeito e admiração por todo carinho e amparo prestado a todos meus familiares .
    Com toda simbologia explanada neste tópico , percebemos o quão magnífico e belo é o trabalho destas entidades .Um Universo inspirador !
    Que possamos , com consciência , ter conosco a Prosperidade e Alegria contagiante Deste Povo !

    Axé!

  31. Italo Jr disse:

    Mãe Mônica,
    Gostaria de uma informação a respeito da linha dos ciganos:
    Outro dia estive em uma segunda festa cigana na casa de uma amiga, e como da primeira vez fui eu quem providenciou o tacho para a fogueira, coube a mim providencia-la e acende-la nesta segunda vez.
    Contudo, quando a fogueira já estava acesa alguém levantou a questão de que em festa de cigano quem acende a fogueira é a mulher, e que tinha visto esta informação na internet.

    A questão que faço é a seguinte: Procede ser a mulher o dever de acender a fogueira em uma festa cigana? Se sim, houve algum desrespeito de minha parte em faze-lo?
    Como proceder nesta situação?

    Att. Italo

  32. Normalmente, Italo, é mesmo a mulher mais velha quem acende a fogueira em uma festa cigana, no entanto isso vai depender do ritual, das pessoas que dirigem esse ritual e do entendimento que elas têm.
    Não acredito que tenha sido um desrespeito de sua parte, fique tranquilo, pois você simplesmente não sabia disso, não é mesmo?

    Fique tranquilo, não se apegue a este detalhe e abra seu coração para compreender a beleza e a força da fé.

    Muito Axé
    Mãe Mônica Caraccio

  33. Italo disse:

    Mãe Mônica,

    obrigado pela atenção e pelo conteudo da resposta.

    Creio efetivamente não ter procedido com desrespeito, mas sim por devoção e muito respeito as entedidades de umbanda e da linha cigana. Sem desmerecer ninguem, a festa foi promovida por uma amiga muito querida, ela é da religião, aprendiz como eu, e portanto, talvez não sabedora dos rituais e assim nada dispos a respeito, porem sua entidade cigana e quem fez a primeira referencia e após uma outra filha da casa o fez e com referencia a informação colhida na internet.

    Quero agradecer os comentários e ensinamentos e gostaria de sugerir como tema incluir informações a respeito dos rituais e procedimentos a serem adotados pelos dirigentes e por seus filhos, de forma sugestiva, tal qual a informação feita anteriormente.

    Muito Axé

    Italo

  34. Luciane Santos disse:

    Quando penso nos Ciganos já sinto o sorriso crescer no rosto… é instantâneo sentir a alegria, sensação de liberdade e leveza tomar o ambiente..

    Somos envolvidos por suas danças, gestos suaves, vestimentas coloridas, elementos repletos de magia e significados especiais… é só se entregar e aproveitar esses momentos unicos e simplesmente Divinos …

    É bom demais !

    Salve o Povo Cigano !…

  35. Teresinha BM disse:

    Falar ou ler sobre os Ciganos nos faz abrir um sorriso imediatamente !
    Conhecer , saber como trabalham iluminam ainda mais nosso espírito !

    Mãe, gostei em especial do trecho que diz:
    “…o que muda é a forma de manipular os fluídos, uma vez que os ciganos usam uma relação material, energética, elementar e natural, assim como o povo da esquerda, enquanto que o povo do Oriente manipula essas elementos através de seu magnetismo espiritual. …” , expresso tão claramente .

    Salve Os Ciganos e a Linha do Oriente!
    Salve Santa Sara Kali!
    Salve a Umbanda !

  36. Solange disse:

    Axé Mãe Mônica! Gostei muito do texto e pude aprender um pouco mais sobre essa linha de trabalho que se manifesta na Umbanda..
    É muito bom quando os ciganos estão em terra nos trazendo a energia da alegria, suas roupas coloridas, suas danças, as palmas, que envolvem a tudo e a todos. Quando estão em trabalho nos fazem sentir livres para o mundo e o sentimento de felicidade toma conta de nosso ser. É uma sensação boa a única. Salve todo povo Cigano.

  37. Paz Profunda a todos
    Fiquei muito emocionada ao ler sobre o povo cigano,lembrei da minha amiga irmã Monica que infelizmente não está mais fisicamente entre nós mas em espírito tenho certeza que sempre me acompanha muitas saudades,espero que esteja junto de nossa amiga Carmem cigana de grande bondade e sabedoria que sempre esteve na nossas vidas nos aconselhando quando era permirido a minha eterna gratidão.
    Carmem agora tome conta da sua menina.

  38. Salve esta linha maravilhosa, salve voce Mãe Monica, por sua incrível, sabedoria e sensibilidade. Nada tem-se a comentar. Perfeito e esclarecedor. Amo voce e suas lições de generosidade e desapego.
    AXÉ e muita luz em sua vida.

  39. Guilherme Barbosa disse:

    Salve o povo Cigano!

    Linha ímpar em nossa religião que nos ensina a viver com alegria, liberdade e trabalhando em pró de uma comunidade. Não há magia maior do que isso, tampouco algo que traga mais prosperidade que o coletivo!

    Muito Axé!

  40. nina disse:

    Trabalho com a cigana Carmencita, estou começando agora por isso preciso pesquisar muito. Gostei muito do seu site, parabéns!

  41. Cida Luz disse:

    Os Povo Cigano tem seus mistérios e encantos, prezam pela liberdade e alegria.
    Axé

  42. Kátia Afonso disse:

    Quando os ciganos estão em terra sentimos uma alegria que envolve a todos, com suas danças e palmas é impossivel ficarmos parados.
    Nos deixamos volver com um lindo sorriso no rosto.
    Salve todo povo cigano

  43. andreia disse:

    Salve povo cigano de luz e magia astral, um povo de muita sabedoria e alegria e muita luz e amor nos corações…

  44. Cybele disse:

    Busquei na Internet assuntos sobre os ciganos. Encontrei e adorei esta leitura. Lindíssima a oração à Santa Sara Kali. Obrigada! Quero saber e conhecer mais de perto os ciganos, eles me fascinam.

  45. karina disse:

    la verdad me gusto mucho leer sobre los ciganos..no practico la religion pero me gusta mucha.
    sobre los ciganos habia leido muy poco,pero esta informacion esta super completa y facil de entender,aunque el portugues se me dificulta un poco al leer…

  46. Cesar disse:

    Conheci este site através de uma amiga e gostei muito, como adoro o povo cigano fui logo lendo os artigos sobre este povo tão encantador e com tanta energia.Espero que em breve você tenha mais textos e até mesmo cantos ou pontos de ciganos.Desejos a todos uma grande noite com muita energia, alegria e saúde, que este povo tão caridoso proteja a nossa estrada, iluminando os nossos caminhos sempre com grandes vitórias…..Optcha!!!!!

  47. FABIANO UBATUBA disse:

    Cada vez aprendendo mais e amando a umbanda ! Obrigado pelos esclarecimentos ! Salve a Umbamda e Salve o POVO CIGANO !!!!

  48. LETICIA MARQUES DOS SANTOS disse:

    oi, adorei o site foi muito esclarecedor….por que no dia 25/02/2013 fui com meu esposo na luz de aruanda( centro) ele é médium e tinham chamado ele para ir numa reunião só de médiuns onde todos cantavam e incorporavam.
    E para mim isso tudo era novo, achava que eu não tinha nem um grau de mediunidade e eu olhando pro meu esposo quase incorporando. Quando senti meu braços me puxando para baixo e minhas mãos formigando….achei normal porque frequentemente isso acontecia comigo!
    Quase no final da reunião, eu fiquei com vontade de fechar os meus olhos e foi dai que tudo aconteceu, tão rápido!
    Eu incorporei uma cigana foi tão forte que não consegui andar direito…foi a melhor sensação que já senti, uma paz no coração.

    E assim pretendo evoluir com ela!
    muito obrigado.

  49. Fernando DAzevedo Palermo disse:

    Mãe Mônica
    Quero parabenizá-la pelos excelentes texto,peço perdão pela minha sinceridade:
    Lí dezenas de livros de Umbanda de autores consagrados,parei de lêr pois
    quanto mais lia mais confuso ficava,cheguei a perguntar para um famoso sacerdote
    sobre uma dúvida,a resposta dele:para os entendidos meia palavra basta!
    Tenho uma afinidade fortíssima com a corrente cigana,é lamentavel a falta
    de informação sobre êste maravilhoso povo,que me transmite ensinamentos,
    bem diferentes que escrevem por aí.Gosto muito de lêr o Juca,e tenho certeza
    que a Mãe Mônica tem muita LUZ,pois seus ensinamentos tem lógica.
    Espero um dia edificar minha fé na Umbanda,pois seí que a verdadeira Umbanda existe e é muito bonita.

*