29

Devemos compreender as funções

Axé pessoal! Acabou o período de quaresma, a comemoração da Páscoa e percebo que muitos umbandistas ficam confusos com datas como estas que são de cunho católico. A Páscoa, por exemplo, comemora a ressurreição de Cristo, bem diferente da visão de reencarnação que nós umbandistas temos da vida pós-morte.

E em meio a essa confusão, quero compartilhar com vocês uma mensagem de Páscoa que recebi por e-mail de uma amiga da faculdade que é missionária de uma congregação religiosa católica chamada ‘Instituto Missionários da Consolata’:

“A Páscoa representa a vitória da vida sobre a morte, o sacrifício pela verdade e pelo Amor. Jesus de Nazaré demonstrou que não se consegue matar as grandes ideias renovadoras, os grandes exemplos de Amor ao próximo e de Valorização da Vida.A Vida só pode ser definida pelo Amor, e o Amor pela Vida.Foi por isso que ELE afirmou que veio ao mundo para que tivéssemos Vida em abundância, isto é, Plena de Amor”.

Acredito que essas palavras são  altamente explicativas e claras quando a questão é ‘o que significa a Páscoa’ e ainda ajudam qualquer um – seja católico, espírita, umbandista, etc – como vivenciar a Páscoa, independente de vertente religiosa, ou ainda, livre da instituição “Igreja Católica Apostólica Romana”.

Penso que entender o sentido das afirmativas ‘vitória da vida sobre a morte’ e ‘sacrifício pela verdade e pelo Amor’ é no mínimo uma bela inspiração para todos nós, da mesma forma que é grandioso relacionar a crucificação e morte de Jesus com ‘ideias renovadoras’ e sua ressurreição com a demonstração de que não se consegue ‘matar’ as grandes ideias, os grandes exemplos de Amor ao próximo e o de valorização da vida.

Desculpem ser repetitiva, mas, para mim, essa forma de ver a crucificação, morte e ressurreição de Jesus é extremamente forte e expressiva. Um contra ponto a qualquer ideologia piegas e que me faz afirmar, mais uma vez, que fazer proselitismo religioso ou discutir qual religião é melhor, é uma grande perda de tempo, de aprendizado e de oportunidade.

Devemos compreender que as funções das religiões sâo, entre tantas coisas, trazer respostas às nossas aflições e ensinar o sentido da fé, do amor e da bondade, e para isso, pouco importa se o ponto de referência, se o exemplo humano, é Jesus, Oxalá ou Buda – por exemplo. Pouco importa se é Domingo de Páscoa, Festa de Ogum ou Festa das Flores (Hanamatsuri) – por exemplo. O que vale mesmo é o significado, o sentido e o poder de transformação que alcançamos com tão inspiradores exemplos.

Portanto, com esse olhar e aprendizado, quero desejar a TODOS Feliz Páscoa, TODOS os dias. Quem sabe assim revivenciaremos diariamente tais imortais ideias.

Ah, não posso deixar de dizer que ao compreender, respeitar e tentar cumprir o mandamento de Cristo “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo” me faz uma umbandista cristã, ou seja, uma umbandista que acredita em Jesus Cristo e na sua grandiosidade e importância. E mais do que isso, penso que Jesus foi o MAIOR e o MAIS CONVICTO médium que já existiu, um grande exemplo para todos os umbandistas, afinal, Ele curou, rezou, aprendeu, ensinou, se sacrificou e morreu por ‘simples’ Inspiração Divina.

_________

  1. Julio Cesar disse:

    Axé Minha Mãe

    Que texto inspirador para nos levamos para nossa vida todos os dias, e sim compreender nossas funções dentro de nossa Umbanda.
    Concordo que Jesus foi o maior médium que encarnou em nosso plano material.

    Boa Pascoa para todos em nosso dia ainda aqui este plano.

    Axé a todos

  2. Axé a todos

    “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”, sabe tem muitas pessoas que ate hj não lembra dessas papalvras e continua matando, roubando e enganando uns aos outros. Que Deus tenha Piedade de Todos nós, como pecadores que somos.

    R.Soares
    Manaus

  3. Conceição disse:

    Axé Mãe Mônica, como é gratificante para todos receber um texto que além de nos ensinar , nos esclarece que a maior religião que Jesus deixou para ser seguida é a LEI DO AMOR, e essa religião não tem instituição, nela existe o maior mandamento que todo ser humano um dia terá que praticar que é “AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E O PRÓXIMO COMO A TI MESMO”. Muito axé e que a cada dia a senhora possa ser mais inspirada nos textos que nos envia., que Deus a abençõe.

  4. João Carlos disse:

    Axé Mãe Mônica, muito esclarecedor o texto, muito inspiradora também a imagem postada, muito cheia de significados a mensagem recebida pela Mãe que nos remete a reflexões e nos faz assumir nossas atitudes e funções perante a vida seja ela religiosa, social, profissional. Concordo com a Mãe quando diz que independente da forma como cultuamos a religião e a religiosidade o importante e conseguir alcançar as respostas para uma vida mais feliz, mais humana e mais amorosa junto a essa grande família chamada Humanidade.
    Axé Mãe, parabéns pela visão e coragem de nos mostrar Jesus como um dos maiores médiuns que existiu e podermos tê-lo como exemplo a nos inspirar na caminhada espiritual que temos dentro dessa tão maravilhosa religião Umbanda.

    “ Creio na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo. Creio que são todas concedidas por Deus e creio que eram necessárias para os povos a quem essas religiões foram reveladas. E creio que se pudéssemos todos ler as escrituras das diferentes fés, sob o ponto de vista de seus respectivos seguidores, haveríamos de descobrir que, no fundo, foram todas a mesma coisa e sempre úteis umas às outras.”
    Mahatma Gandhi

  5. Israel disse:

    Mãe, também acredito que não importa a religião desde que ela possa nos fazer pessoas melhores, acredito que cada um deve buscar aquilo com o qual mais se identifica e procurar sempre a evolução, ser bom e justo para com o próximo, a renovação, que é bem a mensagem que a páscoa nos traz…

  6. Silvana disse:

    Por ser umbandista não quer dizer que devo esquecer tudo aquilo que vivenciei quando era católica. Foi uma época em que segui os ensinamentos que me eram dados sem contestar. Faz parte de nosso amadurecimento a busca por respostas e estamos sempre ansiando por tirar nossas dúvidas. Serão sempre outras vivências e outros aprendizados que nos tornarão melhores e mais compreensivos de nossa espiritualidade. Trazer sempre as palavras desse espírito benevolente que foi Jesus Cristo é um bálsamo para nossos corações.
    Que possamos, de verdade, desejar uma Feliz Páscoa todos os dias.
    Axé.

  7. Ana Luiza disse:

    Nossa Mãe, quanta verdade em tão poucas palavras!
    Eu nunca havia entendido o significado da “ressureição” na verdade…e com esse pensar acredito ter encontrado a mais lógica e inspiradora explicação..
    Engraçado que foi na Umbanda que passei a compreender e admirar muito mais os ensinamentos de outras religiões, como este que sua amiga enviou.
    Também acho que o sentido de fé, de amor ao próximo e de bondade, independe da religião e isso me faz tranquilamente respeitar a todas elas!
    Axé a todos!

  8. Cintia Bravo disse:

    Não existiria tanto preconceito ou não seria tão dificil falarmos de religião, se entedessemos realmente a essência de Jesus e o real significado de suas ações, o amor, a caridade…sentimentos que o fizeram viver e vencer!
    Não existe um só caminho verdadeiro, o que existe é ter a verdade de Jesus em seu coração!
    Particularmente sinto em nossa Amada Umbanda, um exercicio dessa verdade…e agradeço por ter a oportunidade de viver tudo que me é proporcionado, não é, e tambem ninguem disse que seria fácil…O sacrificio é diário e muitas vezes as vitórias tambem!

  9. Carlos Eduardo disse:

    Olá,
    É difícil expressar exatamente o que sentimos nesse período que antecede a Pascoa, acho que independente de qualquer religião ou escrita que a história relatou com ou sem manipulação dos homens, a única certeza é que um Ser supremo ( Irmão Maior ), dotado de Amor incondicional, encarnou num período de muitos abusos, para ensinar-nos com humanidade qual o caminho que nos leva ao Pai com Amor e Sabedoria.

    Axé a todos os irmãos de Fé

  10. Ana Cristina disse:

    Axé! Mãe Mônica

    Texto Vibrante!

    Enriquecedor!! saber que o verdadeiro significado da Páscoa é a Renovação,muito inspirador para o “meu momento”.

    Que um dia, todas as religiões compreendam que o importante é sentir a fé,é obter respostas,direcionamentos e curas para suas aflições e se encontrar, que Deus está em tudo!!

    Ensinamento Lindo de Páscoa enviado por sua amiga onde resume oque Jesus quer de todos nós.

    ” Vida só pode ser definida pelo Amor e o Amor pela Vida”!! Possa um dia penetrar a humanidade para que possamos Viver à ” Abundância Plena de Amor”.

    Muito Obrigada!! Mãe Mônica
    Deus à abençoe cada vez mais!!!

    Axé!

  11. solange disse:

    Axé Mãe Mônica

    A senhora tem razão, bobagem ficar discutindo qual é a melhor religião. Podemos aprender um pouco com cada uma delas e extrair o que há de bom em cada uma delas.
    Que possamos aprender e exercitar o renascimento em nossa vida diária, e sermos pessoas um pouco melhores, aplicando o grande ensinamento cristão “ Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”. Boa Semana!

  12. Alfredo disse:

    Mãe acredito e valorizo todas as religiões, todas são sensacionais a partir do momento que o seguidor consegue se religar e encontrar suas respostas; particularmente bebo de muitas fontes, apesar de Umbandista com muito orgulho, não deixo de me alimentar de tantos ensinamentos e de tantos missionários que passaram por tantas religiões…Partindo do principio que Jesus foi o maior medium que já existiu, modo controverso de ser visto pela igreja católica, Ele é universal sendo mais que um marco com seus ensinamentos…….Como a Sra sempre explica , que possamos entender o significado de cada gesto, ação e momento; refletir esta data através de um conteúdo bíblico é somatizar os valores trazidos por Jesus……Feliz Páscoa…Axéee

  13. MARLI ALMEIDA DE OLIVEIRA disse:

    Com essas explicações mais uma vez sou convicta de que sempre fui uma medium umbandista, pois aprendi muito com a religião catolica, onde fui criada e, com a formação que ali recebi, que foi excelente no sentido de amar o proximo acima de tudo e de todos para daí poder afirmar que se ama a Deus, ou o nome que se queira; foi com essa sementinha que aprendi a ser o que hoje sou, ou ao menos procuro ser: devota aos Orixás, obediente aos guias e mentores espirituais e buscando a humildade, para que a caridade seja uma realidade em nossas vidas, mas em qualquer situação e em todos os lugares.
    AXÉ E MUITA LUZ IRMÃOS EM OXALÁ!

  14. Ana Maria disse:

    Lindo, forte, expressivo, preocupante e cheio de esperança é como vejo o texto de hoje.

    Lindo, forte e expressivo porque Jesus veio ao mundo para nos deixar o maior legado religioso, e porque não emocional e social de todos os tempos – Amar a Deus sobre todas as coisas e aos outros como a ti mesmo.

    Preocupante porque nos leva a pensar no que realmente estamos fazendo enquanto vivos na matéria. Estamos realmente honrando essa máxima?

    E aqui cabe a esperança, porque seu renascimento nos mostrou que há vitoria da vida sobre a morte.

    Eu, como umbandista, também entendo dessa forma. Preciso aplicar mais a máxima, me corrigindo, trabalhando minha reforma íntima, minha religiosidade, e entendendo que a morte da minha matéria me trará a vitória da vida em espírito.

    Que Oxalá me permita ir ao encontro da luz.

    Axé.

  15. Kátia Afonso disse:

    Uma das coisas que aprendi na Umbanda é que todas as religiões são boas, pois cada um se identifica com uma, o importante é que vivenciando sua religiosidade a pessoa consiga se tornar um ser humano melhor que consiga realmente entender e vivenciar o mandamento que Jesus nos deixou *amar a Deus acima de todas as coisas E O PRÓXIMO COMO A TI MESMO*.
    Algo que parece tão simples neh!
    Durante minha infância fui praticando por repetição uma série de coisas e vivenciar a Pascoa foi uma delas nunca soube o verdadeiro significado, o porque não comer carne, o porque do ovo e assim por diante…. Pascoa para mim era sinônimo de chocolate, ovo de páscoa e só.E foi na Umbanda com minha querida Mãe espiritual que aprendi o real significado e hoje vivencio de uma forma especial e respeito muito.
    Que bom seria se todos tivessem um outro olhar para esse período, que entendessem e respeitassem. E que respeitassem as outras religiões e que todas fossem vistas como importante que desenvolve um papel muito importante na vida de muitas pessoas.
    Quem sabe um dia…. depois de ler muitos e muitos textos nesse blog!
    Axé a todos irmão que tem Fé!!!

  16. katia santos disse:

    Fazer o bem, alimentar boas vibrações, energias, orações, independente de qual religião você siga são coisas fundamentais para quem quer se aproximar da espiritualidade. Infelizmente nós humanos temos necessidades de nos rotular, segregar, de seguir um calendário religioso. Isso é uma necessidade nossa. Então seja por qualquer caminho escolhido, trilhá-lo com amor, com respeito, com bondade, com humildade só fará o bem.
    Que aproveitemos essa energia de renovação e de amor para estimular isso todos os dias a nós e a humanidade.
    Seja qual for a história contada sobre Cristo uma coisa tenho certeza de que foi um homem do bem com atitudes para o bem.
    Que todo esse amor seja capaz de nos unir e de propagar uma corrente do bem.
    axé a todos

  17. regina lucia disse:

    Axé a todos !
    Páscoa, surgir para uma nova vida, renascer. Portanto, é fato, não importa a religião para termos grandes aprendizados, com o intuito de alcançarmos nosso objetivo no sentido de evolução espiritual, achando que essa ou àquela seja o melhor caminho, pois a melhor não existe, a melhor é aquela que através dos ensinamentos de Jesus Cristo, consegue aproximar quem quer que seja, de nosso Pai Maior.
    Então, vamos exercitar a páscoa em nosso dia a dia. E que assim seja !
    Mãe Mônica, mais uma vez muito obrigada.
    Um grande abraço.

  18. Renata Espindula disse:

    Axé Mãe!!!

    Achei muito legal colocar a ressurreição dessa forma. Para ser sincera, eu nunca entendi essas passagens entre a morte e a ressurreição de cristo…Realmente, esse olhar é muito mais forte e expressivo!!!
    Gostei muito também da parte que a senhora fala sobre a função das religiões, pois acho que fica bem claro que o importante não é saber quem esta certa, ou errada. Quem é a melhor, ou com mais numero de fiéis…
    Achei fantástica a fala que esclarece a umbanda como um religião cristã também…Muita gente não sabe disso!!!
    Mãe…Muito obrigada mais uma vez por tanta inspiração!

    Que realmente possamos entender o mais importante dos mandamentos…
    Que assim seja.

    Axé a todos!!!

  19. Edméa Costa disse:

    Axé Mãe

    Há muitos anos, durante as “minhas caminhadas”, ouvi um irmão umbandista afirmar: “JESUS É A CHAVE DA UMBANDA”.

    Hoje a Senhora nos passa um grande ensinamento quando nos diz: “JESUS FOI O MAIOR E O MAIS CONVICTO MÉDIUM QUE JÁ EXISTIU”.

    E se nós conseguirmos “AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO”‘, com certeza teremos uma “FELIZ PÁSCOA TODOS OS DIAS”.

    Axé a todos!

  20. Bruno disse:

    Pois é, afirmativas assim ajudam a abrir a mente e entender o que realmente significa essa data para nós. “A vitória da vida sobre a morte”, “Sacrifício pela verdade e pelo amor”, que inspirador! Mas, na minha opinião, o mais inspirador é “não se consegue ‘matar’ as grandes ideias, os grandes exemplos de Amor ao próximo e o de valorização da vida”.

    Axé !

  21. Reginaldo disse:

    Eu sempre tive um olhar muito particular sobre a figura de Jesus Cristo.
    Em minha simples visão e o via como aquele que veio para nos mostrar e nos provar que só existia um único Deus maior e que apenas mudava de nome de acordo com cada região e necessidade.
    Para mim de certa forma ele veio numa tentativa de acabar com tantas “guerras santas” onde os homens matavam em nome de seus deuses.
    Porem, lendo esse texto e enxergando com essa visão percebo que sua vinda (encarnação) foi com propósitos que ultrapassam a mensagem do Deus único.
    Mesmo porque ainda hoje temos tantas guerras acontecendo com base em desculpas religiosas.
    Hoje percebo que ser cristão não significa fazer parte de nenhuma religião, mas sim amar a Deus sobre todas coisas e a seu próximo como a si mesmo e além disso é aproveitar cada momento de suas encarnações para retribuir o amor e dividi-lo com seus irmãos procurando agregar boas coisas à vida de todos.

  22. otavio disse:

    Axé Mãe Monica e Pai marco e a todos que acompanham o blog.
    Não importa a sua religião JESUS esta em todas elas
    Ótimo post Mãeeeeeee bjss
    Axé a todos

  23. Vaner Pereira disse:

    Axé Mãe !!
    Concordo também que não importa a religião, mas sim a FÉ, a DISCIPLINA e a DEDICAÇÃO imposta para aprender e evoluir. ” Jesus demonstrou que não se consegue matar as grandes idéias renovadoras…” uau, arrepiante.
    Axé

  24. Vitor Lopes disse:

    Axé Mãe,

    na minha opinião, a religiosidade realmente está acima das religiões. Religiosidade é a afirmação diária de amor e fé, portanto, a Páscoa deve ser entendida como a ressurreição do amor divino que nasceu em nós e muitas vezes se perde em nossas entranhas, cheias de orgulho e egoísmo.
    A Páscoa não é católica, umbandista ou espírita. A Páscoa existe antes mesmo da passagem de Jesus na Terra, ele apenas serviu de inspiração para que pudéssemos recordar a nossa origem eminentemente divina.

  25. Teresa disse:

    Axé a todos os irmãos umbandistas, espíritas, católicos, enfim, de todas as religiões e aos que não as tem mas que acreditam e “investem” no próximo,
    Mãe Mônica é devido a textos assim, com idéias renovadoras e ao mesmo tempo respeitosas com o próximo , que depois de mais de 30 anos no kardecismo, não pude deixar de me converter para a Sagrada Umbanda Carismática. Cada vez mais me orgulho e agradeço à Aruanda por ter me acolhido e ensinado tanto; por nunca desistir de nenhum de nós…
    Realmente Mãe e irmãos, não se pode matar a Verdade, principalmente quando ela vem vivenciando o Amor ao próximo, valorizando a Vida através da caridade, fraternidade e muita fé, mesmo se esta for SIMPLESMENTE POR PURA INSPIRAÇÃO DIVINA!!!!!!!
    Que possamos fazer de todos os dias de nossa atual encarnação, “verdadeiros” domingos de Páscoa, com todo o seu grandioso significado!
    Também sou uma umbandista cristã e creio que Jesus Cristo além de ter sido o maior médium que já existiu, foi também o maior mensageiro do Pai Oxalá na Terra…
    Exeyê Babá!

  26. Teresinha BM disse:

    Mãe Mônica, gostei demais desse post pós Páscoa! e que imagem belíssima para ilustra-lo!
    O renascimento acontece todos os dias não é mesmo?
    Cada paragrafo do texto é para ser lido com muita atenção e interiorização!
    Axé!

  27. cida luz disse:

    A religião nos liga com o Sagrado, aprendemos a respeitar e amar o próximo vivenciando os ensinamentos e deixando cada um escolher aquela que é a melhor em sua opinião. O importante é olhar o próximo através do olhar de DEUS e perceber que cada um de nós somos uma centelha divina.
    Axé !!!

  28. Guilherme Barbosa disse:

    Este assunto é bastante importante. Seguindo o raciocínio que cada religião tem o seu papel, um movimento tão grande como a Páscoa, que envolve centenas de países e milhões de fiéis traz também uma enorme movimentação para o astral, tanto superior quanto inferior. Dado este cenario, achar que porque sou umbandista eu não tenho que interagir com isto é um pouco comodo demais. Agora, observar essas lições de um texto católico do período já é muito privilégio…

    Muito Axé!

  29. Roberta disse:

    Axé Mãe,

    De fato existe muita confusão com as datas comemorativas como páscoa, natal, etc… Algumas vezes já me peguei pensando em como eu Umbandista convicta vivencio essas datas, qual o significado delas para minha religião e principalmente para mim.
    Mais uma vez você arrasou com uma explicação simples e coerente.

    Axé

*