20

Apertemos o cinto, 2014 está chegando…

 

Xangô - escultura de Carybé em madeira, em exposição no Museu Afro-Brasileiro, Salvador, Bahia, Brasil

Axééééé… Um dia escutamos os tambores de forma reverencial anunciarem a partida de Nelson Mandela que deixa inspiração, ação, sentido, missão e devoção. Deixa um grande exemplo de liderança, foco e olhar além. No outro dia, o som vem da Bahia, mais precisamente na Costa do Sauípe com o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014.

Um dia o Papa desembarca no Rio de Janeiro e milhares de pessoas se emocionam. No outro, enchentes, violência e passeatas sobressaem à fé, ao tempo e ao Sagrado.

Em um dia estamos ou nos sentimos sem Chão, no outro nos damos conta que estávamos na verdade não O reconhecendo, não O valorizando, não o Enxergando.  São como as pegadas na areia…

Um dia… outro dia… todo dia… Tudo muito reflexo, reação, olhar, intenção e ação. Tudo acontecendo diferente e diariamente. Parece tudo sem controle… Parece que tudo está sob controle!… Somos levados, cheios de emoção, de lá para cá e de cá para lá com a rapidez da comunicação, projeção e intenção.

Mas é apenas aparência… De fato o Tudo pode ser o Nada, o Certo pode ser o Errado, o Fim o Começo… Sim, tudo passa, fica, volta e vai, tudo é possível, pois, somos Seres de infinitas possibilidades. Somos seres que mais facilmente se adaptam a qualquer situação, que mais desejam e que mais substituem. Somos seres que mais reclamam e esperançam.

E assim esperamos por novas oportunidades, novo dia, pelo Novo e ainda pelo Ano Novo.

É, mesmo tendo por vezes a teimosia sobressaltando, tudo passa rápido, o ano passa rápido, fica velho, cansativo e de um dia para outro, o Ano Novo inicia. Com Ele novas energias, novos projetos, nova chance de recomeçar e de agora, acertar.

Pois bem, e para acertar, recomeçar e para melhor se aprumar com o momento e com o tempo fica a dica: 2014 será um ano regido pelo planeta Júpiter que trará grandes oportunidades de crescimento e evolução.

Menciono o planeta regente pois é fato a expressiva influência que os planetas causam em todo o universo e diretamente em nossa vida e entorno. Assim vale saber que Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar, tem uma rotação rápida (cerca de dez horas) e que sua atmosfera é dividida em diversas faixas de diferentes latitudes resultando assim, em fortes turbulências e tempestades. Uma dessas tempestades é a Grande Mancha Vermelha, com ventos de até 500 km/h e com um diâmetro duas vezes maior do que a Terra, portanto não é difícil entender a rapidez e as intensas turbulências que teremos em 2014.

Magnitude é uma perfeita qualificação para esse planeta que pode ser observado a olho nu (é o quarto objeto mais brilhante no céu, depois do Sol, da Lua e de Vênus) e que é associado com as crenças mitológicas e religiosas de várias culturas (como é o caso do deus romano Jupiter ou do deus grego Zeus) representando o poder, a autoridade, a sabedoria, a ponderação e a razão, uma presença otimista, sábia, cuja autoridade não precisa ser imposta pela força, pois já se impõe por si só.

Na relação com os orixás fica fácil identificar que em 2014 teremos Xangô como Poder e Potência Sustentadora e Realizadora.

Sim, Xangô – o grande Rei Absoluto, Forte e Imbatível, orixá do Alto das Pedreiras, do Estrondo, do Trovão, da Justiça e da Determinação. Orixá que nasce do Poder e morre em nome do Poder – é que estará regente esse ano em nossas vidas mesmo que de forma sutil ou invisível aos nossos olhos. Dessa forma, quem a Ele se afinizar, quem a Ele se reverenciar e com Ele se interiorizar terá um ano de vitórias, de crescimento, evolução, conquistas e acertos. Ahhh, e vale ressaltar, Xangô não aceita duas caras, duas verdades, duas condutas, ou se tem boa conduta ou sofrerá seu julgo, portanto a grande dica é: ande na linha sob uma Lei, uma Ordem, uma Intenção e tenha como maior riqueza para este ano e vida a grande afirmativa de Xangô “quem deve paga, quem merece recebe”.

Levando em conta a numerologia, 2014 é o ano 7. Esse número é místico por excelência, é o número da Criação – 3 (o céu) + 4 (a terra) = 7 – e que indica a relação viva entre o divino e o humano, está implícito na estrela de Salomão, onde dois triângulos se cruzam: um ascendente e outro descendente. As seis pontas, mais o ponto central, somam o sete místico, simbolizando a união do céu e da terra, do Bem e do Mal, do divino e do humano.

No estudo numerológico a energia do 7 pode refletir características positivas como : espiritualidade, misticismo, introspecção, estudo, meditação, privacidade, intuição, purificação, filosofia, sensibilidade, desapego material, sabedoria interior, perspicácia, sinceridade, observação, busca da perfeição, autodomínio, equilíbrio, intuição e sensatez; e negativas como: isolamento, alienação, cinismo, depressão, nervosismo, desonestidade, crítica, ceticismo, querer humilhar as pessoas, distração, timidez, apatia, dissimulação, pessimismo, vício em drogas e álcool, racionalidade excessiva, descontrole, reserva em demasia, apreensão, sarcasmo, propensão a discussões, introversão e ser detalhista em excesso. Essas caraterísticas positivas e negativas tendem aos extremos assim como Xangô, portanto 2014 será um ano propício para nos libertarmos de nossos maiores demônios, consequentemente  de crescimento crendo e sendo um ser humano melhor com o olhar sempre avante e para o Alto.

Já no Horóscopo Chinês o ano é do cavalo. É um tempo de colheita (lembrando que colhemos aquilo que plantamos!), de renovação e de mudanças. Oportuno para quem quer alcançar o sucesso e transformar a própria realidade com determinação e coragem, afinal, o cavalo é um trabalhador incansável de grande força e senso de cooperação.

Como o cavalo é regido pelo elemento fogo, assim como Xangô, o ano será muito movimentado e até turbulento como já mencionei acima. Aliás, vale lembrar que os anos em que tivemos o cavalo como regente foram decisivos para o mundo onde aconteceram: a Primeira Guerra Mundial (1918), a Grande Depressão (1930), a Segunda Guerra Mundial (1942) e a Revolução Cultural Chinesa (1966).

Ah, não posso deixar de mencionar que no dia 1º de janeiro – quarta feira dia da semana que temos a regência do Orixá Xangô – inicia o ciclo da Lua Nova.  Esse período é considerado o mais fértil para se dar início a tudo o que for novo em nossa vida. Um período em que todas as possibilidades estão presentes e ideal para experimentar formas diferentes de fazer as coisas.

Bom, será um ano para apertarmos o cinto, um ano de vitórias e crescimento, de grandes feitos e belos momentos, mas para tanto, teremos que andar com Fé na certeza que Deus é Justo e que tudo está e é provido segundo a Lei do Merecimento – Lei da Ação e Reação.

Por fim, vale usar nesse início de ano incenso de cravo; banhos com levante, erva de São João e romã; usar pedras energéticas, seja ela qual for; acender velas para enfeitar a casa e uma vela especial para ascender o espírito.  Pedidos sob pedras e a reza com o olhar para o Alto, para o alto da montanha onde mora Xangô, farão toda diferença esse ano.

Axéééé a todos, meu carinho e gratidão. Meu compromisso e comprometimento.

Que a Umbanda esteja cada vez mais viva, verdadeira e ativa no íntimo de seus fiéis e que seja demonstrada, construída e vivificada nos atos diários.

Feliz Ano Novo.

Feliz 2014.

Felizes encontros e revelações… Axéééééé….

  1. Silvana disse:

    E pedir muito MALEIME, meu pai……Este ano promete…..
    Ter o poder deste Orixá nos sustentando, será uma oportunidade a mais de entendermos a que viemos, o que devemos fazer, qual nossa missão.
    O numeral 7 mais o ano do cavalo, nos revelará a verdadeira personalidade que possuimos. E para isso temos que ter a humildade de aceitar o que vamos descobrir e fazer por melhorar, dominando nossos demônios.
    Vai ser muito bom poder renovar e poder continuar.
    “…..experimentar formas diferentes de fazer as coisas”
    É isso!!!
    Axé a todos.

  2. Bruna Costa disse:

    Obrigada! Estava precisando ler o que escreveu para ter a certeza que minha Casa, meu Centro de Umbanda encontrará seu novo espaço para que sua linda obra comandada pela Mentora Santa Bárbara e pelo Guia Oxosse, continue. Pois somente neste momento, deste ponto em diante é que estamos prontos, pois cada um de nós aprendeu a sentir a Umbanda e não entende-la. Talvez agora sejamos merecedores.

  3. Adelio Pasinato disse:

    Mãe Monica, sua explanação referente ao ano de 2014 que está se chagando é maravilhosa, são conhecimentos que devemos nos guiar para termos mais paz e felicidade nesta encarnação.
    Axé a todos e bom 2014.

  4. João Carlos disse:

    Axé Mãe Mônica, ao findar um ano de tantas provas, desafios, e atitudes, um ano tão humano, estamos entrando em um ano que deverá ser de muita percepção e olhar profundo das situações e coisas que teremos para passar. Que Xangô nos de muito maleime para sermos o mais justo e honesto conosco e com o próximo.

    ¨ Em um dia estamos ou nos sentimos sem Chão, no outro nos damos conta que estávamos na verdade não O reconhecendo, não O valorizando, não o Enxergando. São como as pegadas na areia…”
    Que seja um ano que nossas pegadas não se apaguem facilmente.

    FELIZ 2014 a todos.

  5. Mary disse:

    AMEI O TEXTO!!!!!

  6. Marcia disse:

    Que texto delicioso!

  7. Mariana disse:

    Realmente, concordo em genero e grau com tudo o que esta escrito!
    e eu realmente amava “meu” Nelson…

    beijos e ótimo 2014!

  8. Guilherme Barbosa disse:

    Uau!!

    Se não me falha a memória, é a primeira vez, desde que acompanho as regências dos Orixás, que todas as formas de análise (planeta, horóscopo chinês e dia da semana) apontam para o mesmo Orixá. Impressionante como isso acontece com Xangô, que é Absoluto. Fico muito feliz ainda que essas características para 2014 vão ao encontro das minhas metas pessoais e fundamentam os parágrafos iniciais do texto e até o tempo que estamos aguardando por um novo post. Afinal, Xangô decide, Xangô exige paciência e Xangô é impaciente!

    Muito bom estar de volta e que venha 2014, com evolução, justiça e, claro, novos posts!!

    Axé, feliz Ano Novo!!!

  9. Andreia Santos disse:

    Axé…

    Saudade de suas palavras Mãe. Sede de seus ensinamentos.

    Será um ano para trabalharmos a nossa Marca?
    De aprendermos com a Lei a andar na Lei;
    De termos foco;
    De reafirmarmos nosso propósito e sermos fiéis a eles.
    De termos atitudes condizentes com nosso aprendizado e com o que nos comprometemos.
    De andar com os olhos bem abertos e de estarmos conscientes de nossa semeadura com a certeza de uma colheita justa.
    Ou seja, sempre alerta, sempre ativo, sempre transformando, sempre na LEI. Porque se não andarmos de acordo com a LEI ela será implacável em sua justiça.

    Axé Mãe e obrigada por todos os seus ensinamento, seu carinho, sua atenção e sua intensidade que motiva, transforma e acolhe.

    Um ano cheio de transformações à todos.

    Axé

  10. Dulcemara disse:

    Maravilhoso!
    Fico encantada todas as vezes que posso ler textos como o descrito acima.

  11. Vaner Pereira disse:

    Axé Mãe !!!!!
    Como é bom estar aqui de volta…..
    E ainda recebendo tantos conhecimentos e fundamentos….
    ” Xangô meu Pai, se um dia me faltar a fé no meu senhor, derruba sua pedreira sobre mim…”
    Um grande momento para deixar o que passou nesse ano, olhar para o alto e confiante nesse Orixá tão poderoso, absoluto, ” arregaçar as mangas ” e trabalhar, confiar e seguir a afirmativa “quem deve paga, quem merece recebe”.
    ” Sim, tudo passa, fica, volta e vai, tudo é possível, pois, somos Seres de infinitas possibilidades. ”
    Fico com a certeza de estar terminando o ano com “chave de ouro” e pronto para 2014 com muita determinação, comprometimento e compromisso.
    Só tenho a agradecer a Sra, ao Pai Marco e esse Terreiro pela confiança e amparo….
    Kâo Cabecilê meu Pai Xangô
    Um ótimo começo de ano a todos com muita reza e esperança !!!!
    Muito Axé

  12. katia santos disse:

    axé mãe,

    Que bom poder compartilhar de seus ensinamentos. Quanta coisa interessante e esclarecedora. Um ano de pai Xangô com certeza não passará desapercebido. Aproveito para agradecer. Agradecer ao ano que se foi e ao novo que chega. Rogando a pai Xangô que me privilegie com sua sensatez, seu equilíbrio, sua batida de martelo.

    Caô meu pai!
    muito axé a todos

  13. solange disse:

    Axé Mãe!!!
    Que surpresa boa!!!
    Adorei suas explicações tudo fundamentado através da astrologia e da numerologia e que interessante os acontecimentos que tiveram grandes repercussões no ano do Cavalo para a humanidade.
    Que possamos vivenciar um ano repleto de realizações, vitórias, alegrias e muito trabalho, que chegue 2014 na força de Xangô
    .
    Posso dizer que 2013 foi muito significativo mas, o que fica marcado e cravado é o seguinte trecho:

    “Em um dia estamos ou nos sentimos sem Chão, no outro nos damos conta que estávamos na verdade não O reconhecendo, não O valorizando, não o Enxergando. São como as pegadas na areia…”

    Devemos dar o devido valor ao que temos, e reconhecer quanto somos abençoados, Pai Marco Mãe Mônica, Gabriela, Vinicius agradeço por todos os momentos de convívio, carinho e amizade desejo a vocês um Feliz Natal e um Próspero 2014.
    Axé a todos.

  14. Bruno disse:

    Opa ! Voltamos :D
    E com esse texto tão forte para o início de mais um ano. Será mais um ano de lutas, batalhas, muito crescimento e aprendizado. Pleno na justiça e Lei de nosso Pai Xangô. Quem deve paga, quem merece recebe!

    Muito Axé a todos, um ótimo fim de ano.

  15. Ana Maria disse:

    Nossa, adorei a descrição do ano de 2013.. me senti exatamente assim!!

    2014 tá prometendo ser O ano… de muitos desafios imagino!! Andar na Lei 24 horas por dia, não é fácil, ainda mais com um Rei racional poderoso e implacável sob regência!

    Já to sentindo a cabeça doer e o racional fritando.. Que venha Xângo!!

    Agora uma dúvida: Yansã regerá junto com Xangô?? Porque cavalo é movimento e quarta feira também tem a energia dela.. Escutei alguns umbandistas falarem isso.

    Axé!

  16. Roberta disse:

    Axé Mãe,

    Quanta coisa boa! Primeiro ter texto novo no blog (estava sentindo falta) e segundo ter em 2014 meu pai e padrinho como regente.
    Ai ai ai muita atenção pra não vibrar o negativo!!!

    Que venha 2014! Que venha Xangô ainda mais presente em minha vida!

  17. Edméa Costa disse:

    Axé Mãe

    Que alegria ter o blog novamente!
    Excelente explicação Mãe.
    FENOMENAL 2014! Deve ser o nosso desejo porque Xangô não perdoa e cobra com juros e correção os nossos erros.

    MALEIME meu PAI!

    COMO DIZ O VELHO ADÁGIO, ” DEPOIS DA TEMPESTADE VEM A BONANÇA”, vamos então cultivar ” sem agrotóxicos” a ESPERANÇA.

    Nossa irmã levantou a dúvida sobre a vinda de Yansã junto com Xangô? Que maravilha…………..Que dupla! Será imbatível. Teremos fogo, raios e trovões para todo lado. Muito BOM!
    Realmente “vamos apertar o cinto”, porque o Nosso Chão precisa ser muito valorizado . É ELE que nos sustenta.

    FENOMENAL 2014 A TODOS!

  18. Ana Luiza disse:

    Axé Mãaae!

    Que bom ter post novo no blog =)

    E que bom um próximo ano regido por Xangô!

    Lembro da primeira vez que incorporei Xangô…ele veio como uma explosão, trazendo a sensatez que era necessária naquele momento da minha vida, quebrando pedras dentro de mim e equilibrando a razão e a emoção…ufa! Até hoje consigo lembrar da vibração que senti naquele momento….

    Então que venha 2014! Trazendo todos esses sentimentos, trazendo movimento, trazendo explosões…Trazendo o que é de nosso merecimento!

    Axé a todos!

    Um ótimo Natal e um excelente Ano Novo!

  19. Francisca de Fátima Silva disse:

    Como é gratificante recebermos orientação segura de alguém que nunca vimos mas aprendemos a
    Confiar,amar e ser grata por cada ensinamento que tanto nos ajuda na nossa jornada em busca de
    Conhecimento e cumprimento da nossa missão nesse plano. Obrigada,mãe Mônica por sua luta
    Para nos Ajudar…

  20. Ana Maria disse:

    Kaô, meu Pai. Cabecilê!!! Que a Sua Justiça reine em minha coroa. Deus do Fogo e do Trovão não permita que meus inimigos me alcancem, que nenhuma injustiça me abale. Peço Tua proteção em todos os meus caminhos. Que as Suas pedras sirvam de alicerce na minha estrada. Faça-me puro de alma e de coração. Deposito em Suas mãos a minha confiança.

    Mãe, tua explicação para a regência de Xangô em 2014 é divina. Divina como a nossa Umbanda, uma religião sem pré-conceitos, que traz para nós, seus fiéis, um mundo de oportunidades e possibilidades nos integrando à Mãe Natureza. Obrigada.

    Axéééééeéééééé e muita Fé no Orixá da Justiça.

*